Tire-o da Cabeça - Martha Medeiros

17
Você estava apaixonado por alguém e levou um fora. Acontece mais do que acidente de avião, desastre com romeiros e incêndio na floresta. Corações partidos é o grande drama nacional. O que fazer? Ainda não lançaram um manual de auto-ajuda que consiga eliminar nossa fossa, e dos amigos só podemos esperar uma frase, repetida à exaustão: tire esse cara da cabeça. Parece fácil. Mas alguém aí me diga: como é que se tira alguém de um lugar tão cheio de mistérios? 


Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto: não gosto mais dele, não quero mais saber daquele prepotente, desapareça, um, dois e já! 

Parece que funcionou. Você sai na rua para testar. Sim, você conseguiu: olhou vitrines, comeu um sorvete e folheou duas revistas sem derramar uma única lágrima. Até que começa a tocar uma música no rádio e desanda a maionese. Você não tirou coisa alguma da cabeça, ele ainda está lá, cantando baixinho pra você. 

Táticas. Não ficar em casa relendo cartas e revendo fotos. Descole uma festa e produza-se para matar. Você bem que tenta, mas nada sai como o planejado. Os casais que se beijam ao seu lado são como socos no estômago. Você se sente uma retardada na pista de dança. Um carinha puxa papo com você e tudo o que ele diz é comparado com o que o seu ex diria, com o que o seu ex faria. Chamem o EccoSalva. 

Livros. Um ótimo hábito, mas em vez de abstrair, você acha que tudo o que o escritor escreve é para você em particular, tudo tem semelhança com o que você está vivendo, mesmo que você esteja lendo sobre a erupção do Vesúvio que soterrou Pompéia. 

Viajar. Quem vai na bagagem? Ele. Você fica olhando a paisagem pela janela do ônibus e só no que pensa é onde ele estará agora, sem notar que ele está ali mesmo, preso na sua mente. 

Livrar-se de uma lembrança é um processo lento, impossível de programar. Ninguém consegue tirar alguém da cabeça na hora que quer, e às vezes a única solução é inverter o jogo: em vez de tentar não pensar na pessoa, esgotar a dor. Permitir-se recordar, chorar, ter saudade. Um dia a ferida cicatriza e você, de tão acostumada com ela, acaba por esquecê-la. Com fórceps é que a criatura não sai.

Martha Medeiros

17 comentários:

They Know disse... [Responder Comentário]

Preciso me livrar mesmo de algumas pessoas e coisas!
BEIJOS Josi

Déia Feminices disse... [Responder Comentário]

Excepcional o texto da Martha. COmo sempre ela arrasa! bjs Josi querida!

Jéssica disse... [Responder Comentário]

Oiii tudo bem? Como sempre minha vida está uma correria, mas o que aconteceu ontem não poderia ficar em branco! kk
Minha paleta chegou ontem e achei linda, linda e como você mesma disse me a-p-a-i-x-o-n-e-i pelos pincéis são maravilhosos e as cores das sombras lindissimas! Fico feliz em ter ganhado o sorteio e queria muito ter mais tempo pra participar mais do seu blog e de tantos outros que também gosto bastante! Beijo grande e sucesso!

Tuli and CandyDoll disse... [Responder Comentário]

Bela questão, como "comandar" o nosso coração, ele tem vontade próprio, age diferente da nossa cabeça. Só nos resta ir educando o malvado!
Tuli
prettifyournails.blogspot.com

Lilian disse... [Responder Comentário]

Bom dia Josiane, graças a Deus não levei um fora, rsrsrs.
Mas está ótima como conselheira amorosa, boas dicas.

beijos.

Amigas e Afins disse... [Responder Comentário]

Oi!!

Amei!!!
;)

Beijos,

www.amigaseafins.com
@amigaseafins

Blog Woman Chic disse... [Responder Comentário]

Adoro os textos da Martha Medeiros. òtima dica.
beijos

Greyce Kellen disse... [Responder Comentário]

Muito lindo, amei... =)

Se puder me fazer uma visitinha eu vou adorar!!!
http://www.morenarosachoque.blogspot.com/

Bjim!!!

Danny disse... [Responder Comentário]

um ótimo assunto prefiro num mecher muito com essas coisas do coração deixa ele la quetinho kk'
http://omundoangels.blogspot.com/

Kelly disse... [Responder Comentário]

É... Esquecer alguém especial, a quem amamos, não é tarefa fácil, mas o tempo se encarrega de nos ajudar tbm...
Beijoka!

www.amenidadesdekelly.blogspot.com

Compras de Mulheres disse... [Responder Comentário]

So o tempo mesmo pra ir esquecendo de uma pessoa que entrou na sua vida e depois some.
Beijos
Aline

comprasdemulheres.blogspot.com

siça ramos disse... [Responder Comentário]

OLA AMIGA GOSTEI DO TEXTO......BEIJOKAS



http://www.estilopropriobysir.com/2012/01/cerapura.html

Nana... disse... [Responder Comentário]

Martha é sempre um expetaculo né!

Mooondbjus *-*
http://meninacajuina.blogspot.com/

Bruna Cariolato disse... [Responder Comentário]

Muito legal esse texto...


http://vaidademedidacerta.blogspot.com

MartinhaMakeupLover disse... [Responder Comentário]

Lindo!

Maria Adeladia disse... [Responder Comentário]

Belissímo texto!

Maria José Rezende disse... [Responder Comentário]

Olá Josi. Tenho esse texto programado para sair no Arca. Adoro Martha Medeiros. Não vale a pena chorar por quem não nos quer. Definitivamente. Beijos.

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Lindas, femininas e vaidosas comentam:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...